Indústria mato-grossense lidera abertura de postos de trabalho no estado

No momento você está vendo Indústria mato-grossense lidera abertura de postos de trabalho no estado
Imagem ilustrativa | Reprodução

A indústria liderou a abertura de postos de trabalho em Mato Grosso. O relatório do Observatório da Indústria da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt) com base nos dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged) apontam que o setor industrial contratou 3.733 trabalhadores em abril deste ano.

Os números consideram a abertura de postos de trabalho na indústria geral e na construção civil. O setor de serviços abriu 2.221 empregos seguido do comércio (323). Em contrapartida, o setor de agricultura registrou saldo negativo, com -3.279.

É preciso que ressaltar que a indústria de transformação foi responsável por impulsionar a contratação em todo o setor, com saldo e 1.050 postos de trabalho. “Com participação de 30,60% do total da indústria da transformação, destacamos a atividade de fabricação de produtos alimentícios, como a atividade de abate e fabricação de carne. Já no setor de construção, a principal atividade foi a de obras de infraestrutura, com 63,48% de representatividade”, acrescentou o presidente do Sistema Fiemt, Silvio Rangel.

Ele destaca ainda que os empregos gerados pela indústria contribuem para a diversificação da economia fortalecendo também as oportunidades de trabalho em outros setores, como agronegócio, mineração e tecnologia. “Os investimentos no setor industrial têm implicado em uma maior demanda por trabalhadores de todas as áreas, contribuindo para o progresso econômico e social do estado”, disse.

Saldo de empregos

Mato Grosso registrou saldo positivo (diferença entre admissões e demissões) de 2.999 postos formais de trabalho em abril deste ano. No total, foram contratados 56.677 mil trabalhadores e desligados 53.678.

O resultado registra uma variação relativa do estoque de empregos (comparado com o resultado do mês anterior) de 0,32% e, quando comparado com o mesmo período do ano passado (abril de 2023), registra 4,81% de crescimento.

Municípios – Em Mato Grosso, 71 municípios registraram saldo positivo na geração de empregos. Os maiores saldos foram registrados em Cuiabá com 1.463, Rondonópolis com 686, Várzea Grande com 552, Mirassol d’Oeste com 304 e Campo Novo do Parecis com 292 de saldo no mês de referência.

Por outro lado, 70 municípios tiveram saldo negativo, com destaque para Pedra Preta com (-332), São Felix do Araguaia (-284), Paranatinga (-261), Alto Garça (-236) e Primavera do Leste (-208). No estado, apenas quatro municípios pontuaram com saldo zero.

Com informações Ascom Fiemt

LEITORES ESTRATÉGICOS
Participem do canal STG NEWS – o portal de notícias sobre estratégia, negócios e carreira da Região Centro-Oeste: https://x.gd/O20wi

Deixe um comentário